Pesquisadores

 

Geovânia Correa Barros

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Paraíba (1984) e mestrado em Sociologia Política pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998). É professora adjunta na área de sociologia da Universidade Federal do Acre. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia Política. Atualmente cursando Doutorado na Universidade Federal de Campina Grande no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais.

 

Email: geo_barros@yahoo.com.br

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/9698361261309939

 

Gilliard de Oliveira Justino

Doutorando em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Possui graduação em Farmácia pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Membro do Grupo de estudos em Antropologia e Sociologia da Saúde (GEASS/UFCG). Bolsista Fapesq/UFCG, desenvolve pesquisas na área de Antropologia da Saúde, com foco nas investigações sobre a construção de sentidos no processo saúde-doença, sistemas médicos e rituais de cura religiosos e não-religiosos. Em paralelo, desenvolve estudos sobre Antropologia e Medicamentos.

 

Email: oliveiracg2@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/6261180307738781

 

 

Isis Maria Cunha Lustosa

Doutora (2012) e Mestre (2005) em Geografia pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Pós-doutorado (2016) em Antropologia Social pela Universidad de Buenos Aires (UBA) / Instituto de Ciencias (ICA)/Facultad de Filosofía y Letras (FFyL). Membro pesquisadora do “Proyecto UBACYT (2018-2022) – Movilizaciones indígenas y de pequeños productores criollos: conflictividad territorial, transformaciones regionales, trayectorias sociohistóricas y reconfiguraciones étnico – identitarias” – UBA/FFyL/ICA – Argentina. Professora colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Antropología Social da UBA/FFyL/ICA (desde 2016) Pesquisadora externa e professora colaboradora no Laboratório de Estudos e Pesquisas das Dinâmicas Territoriais (Laboter)/Instituto de Estudos Socioambientais (IESA)/UFG (desde 2008). Coordenadora e organizadora (desde 2013) do Colóquio Internacional de Turismo em Terras Indígenas e de Outros Povos e Comunidades Tradicionais (CTurTI) e da Rede Latino-Americana sobre o Turismo em Territórios Tradicionais (Rede CTurTI). Especialista em Turismo e Meio Ambiente (2002) pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Membro do Conselho Científico dos periódicos nacionais (Ateliê Geográfico e Caderno Territorial) no Laboter/IESA/UFG. Colaboradora em revistas internacionais – Pasos (Revista de Turismo y Patrimonio Cultural) e Agália (Revista de Estudos na Cultura), ambas na Espanha. Pesquisa as implicações do turismo em (Terras Indígenas, Unidades de Conservação, patrimônios materiais e nas manifestações culturais). Experiência em Geografia Humana (ênfase em Geografia Cultural), Geografia do Turismo e Geoliteratura.

Email: isismclustosa12@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/5551994514241377

 

Luís Américo Silva Bonfim

É graduado em Desenho Industrial (Projeto do Produto) pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB, 1996), mestre em Sociologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA, 2000) e doutor em Ciências Sociais, pelo PPGCS/FFCH/UFBA (2007). Atualmente é professor efetivo da Universidade Federal de Sergipe e atua no Departamento de Artes Visuais e Design (DAVD/UFS), nas áreas de Antropologia e Semiótica, além de liderar atividades de pesquisa e extensão. Tem como área de concentração principal os estudos acerca das devoções não-canônicas na América do Sul e os processos de patrimonialização em torno dos ex-votos. É Membro Efetivo da Associação Brasileira de Antropologia (ABA) desde 2005.

Email: americobonfim@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/3977133344349420

 

 

Rodrigo de Azeredo Grünewald

Coordenador do Laboratório de Estudos sobre Tradições (LETRA). É Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) da Unidade Acadêmica de Ciências Sociais (UACS) da Universidade Federal de Campina (UFCG). É mestre e doutor em antropologia pelo PPGAS/Museu Nacional/UFRJ.

Através de programa de pós-doutorado, atuou como visiting scholar no departamento de antropologia da universidade da califórnia em Berkeley entre 2005 e 2006. Além da publicação de livros e artigos, tem atuado em trabalhos junto a sociedades indígenas, quilombolas e outras comunidades tradicionais, tanto ligados à educação indígena quanto ao de reconhecimento étnico e territorial de quilombos e ainda em questão de conflito sócioambiental envolvendo uma comunidade ribeirinha. foi editor de periódico científico, criou e coordenou um cineclube de filmes etnográficos. leciona e orienta em temáticas relacionadas a todas as linhas de pesquisa do LETRA.

Email: grunewald.ufcg@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/6450189155973100

 

  

Sandro Guimarães de Salles

Professor Adjunto da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE/CAA). Doutor em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia da mesma instituição. Mestre em Ciências Sociais/Antropologia, pela UFRN. É Coordenador do Laboratório de Estudos Antropológicos (UFPE/CAA) e professor da Licenciatura Intercultural Indígena (UFPE/CAA). Atualmente, coordena o Curso de Formação de Professores na Temática das Histórias e Culturas dos Povos Indígenas (Secadi/UFPE). Coordenou inventários (INRCs) pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, e pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – Fundarpe. É autor do livro À Sombra da Jurema Encantada: mestres juremeiros na Umbanda de Alhandra e de diversas publicações sobre religiosidade e cultura popular. Organizou, recentemente, em parceria com Carlos Sandroni, o livro Patrimônio Cultural em Discussão: novos desafios teórico-metodológicos. Tem realizado pesquisas principalmente nas seguintes áreas: Antropologia da Religião, povos indígenas do Nordeste, Patrimônio Cultural, Etnomusicologia e Antropologia da Educação.

Email: sandroguimaraesdesalles@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/4191320222049403

 

 

Sérgio Góes Telles Brissac

Realizou Pós-Doutorado em Antropologia na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), França (2014-2015), como bolsista da CAPES. É Doutor em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional/UFRJ (2008), com tese acerca dos mazatecos, povo indígena do México, e sua relação com o catolicismo. Mestre em Antropologia Social pela mesma instituição (1999), tendo apresentado em sua dissertação uma etnografia da União do Vegetal. É Bacharel em Filosofia (1990) e Teologia (1996) pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, e Licenciado em Filosofia pela PUC-SP (1992). É também Bacharel em Direito pela UFC (2020). Desde 2004 até o presente, é Perito em Antropologia do Ministério Público Federal, atuando no acompanhamento de questões relativas a direitos dos povos indígenas e de comunidades tradicionais. A partir desta inserção profissional, tem realizado pesquisas acerca de tradições e religiosidades dos povos entre os quais atua, sobretudo indígenas e comunidades quilombolas no Nordeste e na Amazônia. É membro efetivo da Associação Brasileira de Antropologia (ABA) e membro de seu Comitê Laudos Antropológicos.

Email: sergiobrissac@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/2391392759759708

 

Stephen Grant Baines

É doutor em Antropologia pela Universidade de Brasília (1988) e mestre em Antropologia Social, University of Cambridge, Inglaterra (1980), com pós-doutorado na University of British Columbia (UBC), Canadá e na Australian National University (ANU), Austrália. Desde 1989 é professor da UnB, (atualmente Professor Titular e Pesquisador 1A do CNPq), com 96 publicações em periódicos nacionais e internacionais, 41 capítulos de livros, 1 livro publicado e 8 livros co-organizados. Orienta no programa de doutorado, mestrado e graduação, além de orientar pesquisas de pós-doutorado. Atua em Etnologia Indígena. Pesquisas etnográficas: Waimiri-Atroari e os impactos de grandes projetos desenvolvimentistas (1982-1985), etnicidade e nacionalidade entre os Makuxi e Wapichana na fronteira Brasil-Guiana (desde 2000), acompanha a situação dos Tremembé no litoral do Ceará desde 2000, sobretudo os impactos de um projeto transnacional turístico nas comunidades da Terra Indígena Barra do Mundaú, Ceará. Pesquisa sobre “A Criminalização de Indígenas nas Penitenciárias de Roraima” (desde 2008). Coordenador do Projeto de Pesquisa no CNPq, PQ 1A, “Etnologia Indígena em Contextos Nacionais: Brasil, Argentina, Canadá e Austrália”, pesquisa iniciada em 1992. Desde 2008 é também professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais – Estudos Comparados sobre as Américas (PPGECsA), Departamento de Estudos Latino-Americanos (ELA), UnB. Desde 1997 é coordenador de grupo de pesquisa que se tornou o “Laboratório e Grupo de Estudos em Relações Interétnicas (LAGERI)” a partir de 2012.

Email: stephengbaines@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/7171052616253604

 

Verena Sevá Nogueira

Doutora em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas com a tese “Sairpelomundo. A conformação de uma territorialidade camponesa”. É professora adjunta na Unidade Acadêmica de Ciências sociais da Universidade Federal de Campina Grande desde outubro de 2011. Tem experiência nas áreas de Antropologia e Sociologia com pesquisas versando sobre os temas: populações do campo, territorialidade, mobilidade espacial, redes sociais e relações de gênero. Desde 2002 é pesquisadora do Centro de Estudos Rurais (Ceres), do IFCH/Unicamp e, desde 2007, editora da revista Ruris – publicação científica ligada ao Ceres. Desde 2013 é pesquisadora do Laboratório de Estudos sobre Tradições (Letra), ligado ao CH/UFCG. Atualmente desenvolve pesquisa sobre o tema das transformações sócio-territoriais vivenciadas por famílias camponesas do sertão paraibano.

Email: verenaseva@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/3019245980584341

 

 

Wallace de Deus Barbosa

Professor e pesquisador da Universidade Federal Fluminense (UFF), no bacharelado em Produção Cultural e Mestrado CULTURA e TERRITORIALIDADE. Doutor em Antropologia pelo Museu Nacional (UFRJ, 2001) e Mestre em Artes Visuais pela EBA, UFRJ (1991). Realizou estágio pós-doutoral no Instituto de Investigaciones Antropológicas da Universidad Nacional Autónoma de México entre 2007 e 2008; pesquisa movimentos culturais contemporâneos, manifestações artísticas e culturas populares. Atualmente é Curador do Museu Janete Costa de Arte Popular, vinculado à Secretaria das Culturas do Município de Niterói – RJ e integra o Observatório de Economia Criativa (RJ), com sede na Universidade Federal Fluminense – UFF.

Email: wallacededeus@terra.com.br

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/7236366803550565

 

 

Wilton Felipe de Oliveira

Cantor e compositor brasileiro. Trabalha como Diretor de Ação Cultural pela Fundação Espaço Cultural, lotado na unidade do Cine-Teatro São José em Campina Grande. Graduando em Ciências Sociais na Universidade Federal de Campina Grande, participou do Programa de Ensino Tutorial (PET de Antropologia). Atualmente desenvolve pesquisa na área do turismo de base comunitária rural na região do Cariri paraibano. Rota Cariri – O Homem, A cultura e o Meio Ambiente é o tema e está sob a orientação do professor Dr. Rodrigo de Azeredo Grunewald.

Email: assessoriatb@yahoo.com.br

Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/2998024568451746