Pesquisadores

 

Adriana Monyke Nascimento de Alencar

Mestranda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), integrando a linha de pesquisa Tradição e Religiosidades Populares do LETRA. Possui graduação / licenciatura em Ciências Sociais pela mesma universidade (2010). Pós graduada em Filosofia pela Universidade Estácio de Sá (2014). Possui experiência na área de Sociologia e Filosofia, com ênfase em Sociologia. Atualmente desenvolve pesquisa no campo da Sociologia e Antropologia da Religião. É integrante do grupo de pesquisa em religião da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, intitulado Religião, Movimentos Sociais e Ruralidades. É graduanda do curso de Pedagogia na Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. É colaboradora do Programa de Educação Tutorial – PET – EDUCAÇÃO da UFCG. Faz parte do grupo de pesquisa: EDUCAÇÃO INTERGERACIONAL, PATRIMONIAL E AMBIENTAL NA PARAÍBA: ESTUDOS RURAIS E URBANOS. Participa como voluntária do Programa de Extensão de apoio à terceira idade – PIATI – UFCG.

Email: drycientista@bol.com.br

Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/3300232208055379

 

Ana Carolyne Brasileiro Torres

Mestranda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG/2017), integrando a linha de pesquisa Tradição, Performance e Autenticidade. Bacharela em Ciências Sociais, com área de concentração em Antropologia pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Graduanda em Ciência da Computação pela Universidade Estadual da Paraíba – UEPB. Quando na graduação participou do grupo PET Antropologia (SESu/ MEC).

Email: caroll.brasileiro@gmail.com

Link para o Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4351643P5

 

Angela López Cantero

Socióloga e antropóloga pela Universidade de Granada (Espanha). Possui mestrado em Desenvolvimento pela Universidade de Granada (UGR). Possui mestrado também em Ciências ßociais pelo PPGCS/UFCG sobre Educação Indígena e Inerculturalidade. Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Estudante associada ao Laboratório de Estudos sobre Tradições (LETRA) na linha de pesquisa Povos e Comunidades Tradicionais. Colaboradora no projeto “Educação diferenciada: produção de materiais didáticos para as aldeias Jaraguá e Montemor” (Potiguara), ligado ao Setor de Estudos e Assessoria a Movimentos Populares (SEAMPO) na Universidade Federal de Paraíba (UFPB).

Email: anloca_ele@hotmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/6328782360615692

 

 

Darnisson Viana Silva

Doutorando em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Campina Grande (Campus – Campina Grande/PB). Possui mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal da Paraíba (Campus – João Pessoa/PB) cujo título da dissertação: Festa na Amazônia, Imaginário & Múltiplos cenários: reflexões etnográficas sobre o Sairé em Alter do Chão-PA. E Licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp Campus – Marília/SP). Atualmente é integrante do grupo discente do Laboratório de Estudos sobre Tradições – LETRA – da UFCG e desenvolve estudos cuja preocupação possua interseções entre Ciência da Informação, Antropologia/Etnografia e Saberes Tradicionais.

Email: darnissonviana@yahoo.com.br

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/7638710338817886

 

Geovânia Correa Barros

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Paraíba (1984) e mestrado em Sociologia Política pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998). É professora adjunta na área de sociologia da Universidade Federal do Acre. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia Política. Atualmente cursando Doutorado na Universidade Federal de Campina Grande no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais.

 

Email: geo_barros@yahoo.com.br

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/9698361261309939

 

Gilvan Veiga Barbosa Neto

Aluno de graduação do curso de Ciências Sociais, com ênfase em Antropologia, trabalhou como assistente de pesquisa no Quilombo de Pitombeira (Várzea – PB), visando a elaboração de Relatório Técnico de Identificação e Delimitação. Concluiu o Projeto Pibic (2012-2013) “Tradições e Identidade no Quilombo de Pitombeira´´, e deu início ao Projeto Pibic (2013-2014) “Antropologia e Perfomance: um estudo bibliográfico´´. É integrante do Grupo de Pesquisa LETRA (Laboratório de Estudos em Tradições) onde atua nas seguintes linhas de pesquisa: Tradições, Performance e Autenticidade; e Povos e Comunidades Tradicionais.

Email: gilvanveiga@hotmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/3977133344349420

 

 

Isis Maria Cunha Lustosa

Doutora e Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Especialista em Turismo e Meio Ambiente pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Pesquisadora externa do Laboratório de Estudos e Pesquisas das Dinâmicas Territoriais (Laboter)-UFG. Professora colaboradora no Núcleo de Estudos Regional, Urbano e Rural (NURBA)-UFT. Pesquisadora do Laboratório de Estudos sobre Tradições (LETRA)-UFCG nas linhas de Pesquisa (Tradição e Turismo e Tradições e Religiosidades Populares). Membro do Conselho Científico dos periódicos (Ateliê Geográfico e Territorial) – Laboter/UFG. Colaboradora nas revistas (El Periplo Sustentable Turismo y desarrollo da Universidad Autónoma de México e Agália – Revista de Estudos na Cultura (Espanha). Pesquisa as implicações do turismo em (Terras Indígenas, Unidades de Conservação, patrimônios materiais e nas manifestações culturais). Experiência em Geografia Humana (ênfase em Geografia Cultural) e Geografia do Turismo.

 

Email: isismclustosa@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/5551994514241377

 

Ítalo Jones A. M. Marinho

 

Documentarista, Fotógrafo e Produtor audiovisual. Mestrando em Ciências Sociais pela UFCG, graduado em Produção Audiovisual pela UNIfacisa. Atua no campo da antropologia visual e realiza pesquisa e produção audiovisual junto à povos indígenas, quilombolas e comunidades tradicionais. Integra o NEABi-UEPB, onde coordena o grupo de pesquisa e produção audiovisual. Como realizador de filmes etnográficos produziu entre outros “O reinado encantado de Caiana” (2012), na comunidade quilombola de Caiana dos Crioulos-PB; “Peregrinos” (2011), sobre os romeiros do Padre Cícero em Juazeiro do Norte-CE; “Museu Kapinawá” (2016). Atualmente realiza ações de ensino e instrumentalização audiovisual com os povos indígenas Xukurú do Ororubá-PE, Kapinawá-PE, e a comunidade quilombola da Boa Vista-RN. No LETRA se vincula às linhas de pesquisa de “Povos e Comunidades Tradicionais” e “Tradições e Religiosidades Populares”.

 

Email: italojones@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/7108894255790843

 

Luís Américo Silva Bonfim

É graduado em Desenho Industrial (Projeto do Produto) pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB, 1996), mestre em Sociologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA, 2000) e doutor em Ciências Sociais, pelo PPGCS/FFCH/UFBA (2007). Atualmente é professor efetivo da Universidade Federal de Sergipe e atua no Departamento de Artes Visuais e Design (DAVD/UFS), nas áreas de Antropologia e Semiótica, além de liderar atividades de pesquisa e extensão. Tem como área de concentração principal os estudos acerca das devoções não-canônicas na América do Sul e os processos de patrimonialização em torno dos ex-votos. É Membro Efetivo da Associação Brasileira de Antropologia (ABA) desde 2005.

 

Email: americobonfim@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/3977133344349420

 

Morganna Mayarah Silva Monteiro Lima

 

Mestranda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Campina Grande. Pós-graduanda (lato sensu) em Filosofia da Educação pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Possui graduação em Ciências Sociais (UFCG) efetuada em 2014.2. Atuou como Monitora na disciplina de Teoria Antropológica I nos períodos de 2011 e 2012 na UFCG. Possui curso de extensão em língua espanhola efetivado na instituição UFCG, iniciado em 2011. Atuou como Bolsista no Programa institucional de bolsa de iniciação à docência (PIBID) na área de Sociologia oferecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoas do Nível Superior (CAPES), no período de 2012 a 2014, onde adquiriu experiências no trabalho com pesquisa, extensão e práticas inovadoras de ensino. Atualmente trabalha com a linha de pesquisa: Cultura e Identidades; sob o tema: Religiosidades, Sistemas Simbólicos e Mudança Social Integrante do grupo discente do Laboratório de Estudos sobre Tradições – LETRA, desenvolve interesses nas áreas de Antropologia da Performance, desenvolvendo estudos  sobre a manifestação da crença expressa através do corpo entre as freiras do convento das Clarissas em Campina Grande- PB.

 

Email: morganna.mayh@hotmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/3977133344349420

 

Ofélia Maria de Barros

 

Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Campina Grande (PPGCS), graduada em História e mestre em Sociologia (UFPB). É professora adjunta da Universidade Estadual da Paraíba – Campina Grande – (UEPB), Departamento de História. Desenvolveu no doutorado pesquisa acerca das tradições religiosas “afro-ameríndias” na cidade de Campina Grande-PB, que resultou na tese: Terreiros Campinenses: Tradição e Diversidade; desenvolve atividades de ensino, de pesquisa e extensão ligadas ao tema, dentre os quais, como pensar as tradições religiosas afro-ameríndias e o seu debate na educação, a partir das leis 10.639/03 e 11.645/08 que torna obrigatório o ensino da história e cultura dos povos afro-brasileiros e indígenas nos currículos do ensino fundamental e médio das escolas brasileiras. Faz parte do NEABí – UEPB, Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígena.

 

Email: ofelia.barros@hotmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/3977133344349420

 

 

Rodrigo de Azeredo Grünewald

Coordenador do Laboratório de Estudos sobre Tradições (LETRA). É Professor Associado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) da Unidade Acadêmica de Ciências Sociais (UACS) da Universidade Federal de Campina (UFCG). É mestre e doutor em antropologia pelo PPGAS/Museu Nacional/UFRJ.

Através de programa de pós-doutorado, atuou como visiting scholar no departamento de antropologia da universidade da califórnia em Berkeley entre 2005 e 2006. Além da publicação de livros e artigos, tem atuado em trabalhos junto a sociedades indígenas, quilombolas e outras comunidades tradicionais, tanto ligados à educação indígena quanto ao de reconhecimento étnico e territorial de quilombos e ainda em questão de conflito sócioambiental envolvendo uma comunidade ribeirinha. foi editor de periódico científico, criou e coordenou um cineclube de filmes etnográficos. leciona e orienta em temáticas relacionadas a todas as linhas de pesquisa do LETRA.

Email: grunewald.ufcg@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/6450189155973100

 

 

Rogério Humberto Zeferino Nascimento

Possui doutorado em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006). Atualmente é professor adjunto retide da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, no campus Campina Grande – PB. Leciona nesta instituição disciplinas da área de Antropologia no curso de graduação em Ciências Sociais e no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais. Participa do Laboratório de Estudos sobre Tradições – LETRA – da UFCG, na linha de pesquisa Povos e Comunidades Tradicionais. Neste campo de pesquisa tem interesse voltado para quilombos, tendo desenvolvido pesquisas com fins de elaboração de RTID, Relatório Técnico de Identificação e Delimitação de terras quilombolas e socializado aspectos destas pesquisas através de comunicações em encontros acadêmicos e artigo em coletânea.

 

Email: rogeriohznascimento@yahoo.com.br

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/5211310903653654

 

  

Sandro Guimarães de Salles

Professor Adjunto da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE/CAA). Doutor em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia da mesma instituição. Mestre em Ciências Sociais/Antropologia, pela UFRN. É Coordenador do Laboratório de Estudos Antropológicos (UFPE/CAA) e professor da Licenciatura Intercultural Indígena (UFPE/CAA). Atualmente, coordena o Curso de Formação de Professores na Temática das Histórias e Culturas dos Povos Indígenas (Secadi/UFPE). Coordenou inventários (INRCs) pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, e pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – Fundarpe. É autor do livro À Sombra da Jurema Encantada: mestres juremeiros na Umbanda de Alhandra e de diversas publicações sobre religiosidade e cultura popular. Organizou, recentemente, em parceria com Carlos Sandroni, o livro Patrimônio Cultural em Discussão: novos desafios teórico-metodológicos. Tem realizado pesquisas principalmente nas seguintes áreas: Antropologia da Religião, povos indígenas do Nordeste, Patrimônio Cultural, Etnomusicologia e Antropologia da Educação.

 

Email: sandroguimaraesdesalles@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/4191320222049403

 

 

Sérgio Góes Telles Brissac

Doutor em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional/UFRJ (2008), com tese acerca dos mazatecos, povo indígena do México, e sua relação com o catolicismo. Mestre em Antropologia Social pela mesma instituição (1999), tendo apresentado em sua dissertação uma etnografia da União do Vegetal. Bacharel em Filosofia (1990) e Teologia (1996) pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, e Licenciado em Filosofia pela PUC-SP (1992). Analista de Antropologia/Perito do Ministério Público Federal, atuando no acompanhamento de questões relativas a direitos dos povos indígenas e de comunidades tradicionais. A partir desta inserção profissional, tem realizado pesquisas acerca de tradições e religiosidades dos povos entre os quais atua, sobretudo indígenas e comunidades quilombolas no estado do Ceará.

 

Email: sergiobrissac@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/2391392759759708

 

Stephen Grant Baines

É mestre em Antropologia, University of Cambridge, Inglaterra (1980), doutor em Antropologia pela Universidade de Brasília (1988). Desde 1989 é professor da UnB, (Professor Associado 4 e Pesquisador 1A do CNPq), com publicações em periódicos nacionais e internacionais, capítulos de livros, 1 livro publicado e 6 livros co-organizados. Orienta no programa de mestrado, doutorado e graduação, além de ter orientado pesquisas de pós-doutorado. Atua em Etnologia Indígena. Pesquisas etnográficas: Waimiri-Atroari (1982-1985), Makuxi e Wapichana na fronteira Brasil-Guiana (desde 2001), acompanha a situação dos Tremembé no litoral do Ceará desde 2000, sobretudo os impactos de um projeto transnacional turístico nas comunidades da Terra Indígena Barra do Mundaú, Ceará. Pesquisa sobre “A Situação Prisional de Indígenas em Roraima” (desde 2008). Coordenador do Projeto de Pesquisa no CNPq, “Etnologia Indígena em Contextos Nacionais: Brasil – Austrália – Canadá (com pesquisas etnográficas)”, pesquisa iniciada em 1992. Desde de 2008 é também professor de pós-graduação do Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas – CEPPAC, UnB. Desde 1997 é coordenador de grupo de pesquisa que se tornou o “Laboratório e Grupo de Estudos em Relações Interétnicas (LAGERI)” a partir de 2012.

 

Email: stephen@unb.br

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/7171052616253604

 

Verena Sevá Nogueira

Doutora em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas com a tese “Sairpelomundo. A conformação de uma territorialidade camponesa”. É professora adjunta na Unidade Acadêmica de Ciências sociais da Universidade Federal de Campina Grande desde outubro de 2011. Tem experiência nas áreas de Antropologia e Sociologia com pesquisas versando sobre os temas: populações do campo, territorialidade, mobilidade espacial, redes sociais e relações de gênero. Desde 2002 é pesquisadora do Centro de Estudos Rurais (Ceres), do IFCH/Unicamp e, desde 2007, editora da revista Ruris – publicação científica ligada ao Ceres. Desde 2013 é pesquisadora do Laboratório de Estudos sobre Tradições (Letra), ligado ao CH/UFCG. Atualmente desenvolve pesquisa sobre o tema das transformações sócio-territoriais vivenciadas por famílias camponesas do sertão paraibano.

 

Email: verenaseva@gmail.com

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/3019245980584341

 

 

Wallace de Deus Barbosa

Professor e pesquisador da Universidade Federal Fluminense (UFF), no bacharelado em Produção Cultural e Mestrado CULTURA e TERRITORIALIDADE. Doutor em Antropologia pelo Museu Nacional (UFRJ, 2001) e Mestre em Artes Visuais pela EBA, UFRJ (1991). Realizou estágio pós-doutoral no Instituto de Investigaciones Antropológicas da Universidad Nacional Autónoma de México entre 2007 e 2008; pesquisa movimentos culturais contemporâneos, manifestações artísticas e culturas populares. Atualmente é Curador do Museu Janete Costa de Arte Popular, vinculado à Secretaria das Culturas do Município de Niterói – RJ e integra o Observatório de Economia Criativa (RJ), com sede na Universidade Federal Fluminense – UFF.

 

Email: wallacededeus@terra.com.br

Link para o Lattes:http://lattes.cnpq.br/7236366803550565